Archive | Nutrientes RSS feed for this section

Cogumelos comestíveis

13 out

Oi pessoal,

Todos conhecem os cogumelos comestíveis? Shitake, shimeji e champignos?

Então, ontem eu li um artigo bem interessante que analisa o valor nutricional dos cogumelos cultivados no Brasil. Isso é bem importante já que os nutrientes de um alimentos dependem do solo em que é cultivado, ou seja, cogumelos daqui tëm quantidades diferentes de nutrientes dos cogumelos cultivados nos EUA, por exemplo.

Esse estudo concluiu que champignon, shiitake e shimeji, por sua composição química, constituem alimentos com excelente valor nutritivo, pois apresentam alto teor de proteínas e fibras alimentares, além de conterem baixo teor de lipídeos. Em relação os micronutrientes, eles são fonte de fósforo, porém não podem ser considerados fonte de vitamina C.

Também vi um novo estudo (desenvolvido na Malásia) que analisou o potencial desses alimentos em reduzir a pressão arterial. Segundo esses pesquisadores, os cogumelos são ricos em compostos feñólicos (muito antioxidantes) e em vitamina A e E, que protegem os vasos da disfunção endotelial, redizindo a pressão.

Eu adorei, pois amo shitakes: no temaki, preparados junto com carnes ou refogados, hum!!!! E vocês, gostam também?

Abraço,

Lili

Fibras: essenciais!

7 out

Oi pessoal,

Hoje quero ressaltar os benefícios do consumo regular de alimentos ricos em fibras, vejam:

  • Promovem maior sensação de saciedade;
  • Podem ajudar a regular o funcionamento do intestino;
  • Regulam a glicemia (nível de açúcar no sangue), impedindo picos de insulina (hormônio que induz a formação de gordura corporal);
  • Podem ajudar a reduzir o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares;
  • Auxiliam na redução do colesterol (fibras solúveis);
  • Podem diminuir os riscos de câncer colorretal.

O Guia Alimentar para a População Brasileira, publicado pelo Ministério da Saúde, recomenda a ingestão de pelo menos 25g de fibras por dia.

Alimentos ricos em fibras:

Verduras e legumes:

 Frutas:

Feijões:

Cereais integrais:

Fica a dica!

Abraço,

Lili

Gordura trans: passe longe.

17 ago

Oi Gente,

Hoje vou falar um pouquinho sobre a gordura trans. Vamos lá….

  • O que é:

As gorduras trans são um tipo específico de gordura formada por um processo de hidrogenação natural (ocorrido no rúmen de animais) ou industrial. Estão presentes principalmente nos alimentos industrializados, pois esse tipo de gordura  é responsável por dar mais consistência aos produtos, melhorando sua textura e deixando-os conservados por mais tempo.

  • A recomendação de ingestão diaria é de: 2g de gordura trans por dia.

Vejam os alimentos campeões em quantidade de gordura trans:

FOTOS: SHUTTERSTOCK


  • Reflexos do consumo dessas gorduras na saúde:

– Aumento da gordura visceral e obesidade;

– Diminuição do colesterol bom (HDL) e aumento o ruim (LDL), aumentando o risco de doenças cardiovasculares;

– Acúmulo de gorduras nas paredes dos vasos sanguíneos: é a chamada de aterosclerose, uma espécie de fator-chave para a ocorrência de um ataque cardíaco ou de um acidente vascular cerebral (AVC).

– Maior risco de desenvolver câncer: pesquisa feita pela University of North Carolina at Chapel Hill, nos EUA, com quase 700 voluntárias detectou que mulheres com altos níveis de gorduras trans no sangue tinham 40% mais chances de desenvolver  câncer de mama.

Dica: Prefira os alimentos naturais aos industrializados e, quando consumi-los, leia atentamente as informações do rótulo. E o mais importante: controle-se para não ultrapassar a recomendação diária, de 2 g.

E aí, entenderam tudo? Caso tenham dúvidas entrem em contato comigo!

Abraço a todos!

Lili

Nutrition Alert: Ácido elágico = pele sem manchas!

30 jul

Manchas na pele: que mulher que não ODEIA isso?  Solução: ácido elágico! Saiba mais:

O ácido elágico é um composto fenólico e muito antioxidante encontrado na Romã (fruta) e em frutas vermelhas (uva e morango).

Recentemente, pesquisadores japoneses estudaram esse composto com o objetivo de avaliar clinicamente os efeitos desse ácido na pigmentação cutânea. A conclusão do estudo foi que o ácido elágico possui uma ação clareadora da pele devido a inibição da a síntese de melalina (substância que pigmenta a pele) e da proliferação dos melanocitos (célula que produz melanina).

Novos estudos sugerem que esse ácido aumenta em 25% o fator de proteção do filtro solar que você espalha na pele. Já que ele potencializa os níveis de glutationa, antioxidante natural produzido pelo organismo, que protege o DNA das células.

Além dos cuidados de limpeza e proteção, vale a pena também reforçar a alimentação para ter uma pele mais bonita, não é?

Abraço a todos!


Serotonina: o bem estar que vem da alimentação

12 jul

Sempre me busca do bem estar, este é meu “lema”atual!

E para isso vou falar um pouco sa serotonina, já ouviram falar?

A serotonina é um hormônio que tem como funções principais atuar na regulação do apetite, da ansiedade, da atividade motora, do ritmo biológico, da aprendizagem e da memória. É justamente nas alterações deste hormônio que aparecem depressão e tensão pré-menstrual (TPM).

Para sintetizarmos esse hormônio, precisamos de vários nutrientes. A serotonina é diretamente sintetizada a partir do aminoácido triptofano, encontrado principalmente em banana, feijão-preto e oleaginosas. Para que essa reação seja eficiente, são necessários os seguintes nutrientes:

•Ácido fólico: encontrado em vegetais folhosos verde-escuros, gema de ovo;
•Vitamina B12: encontrada em produtos de origem animal;
•Vitamina B6: disponível em cereais integrais, oleaginosas, aveia;
•Magnésio: presente em vegetais folhosos verde-escuros, oleaginosas, cereais integrais;

Além desses nutrientes, também precisamos de carboidratos de boa qualidade e integrais. Portanto, dietas pobres em carboidratos podem ser prejudiciais para a regulação da produção de serotonina e melatonina, alterando o sono e o apetite (ou seja o bem estar).

Vale lembrar que há fatores endógenos e ambientais que podem interferir na produção e liberação desse hormônio, como estresse e a presença de toxinas no organismo. Assim, dormir adequadamente, ter uma alimentação equilibrada rica em nutrientes e evitar a sobrecarga vinda do ambiente é a melhor forma de controlar a ingestão de alimentos, de manter o peso adequado, de prevenir doenças e de garantir a qualidade de vida.

Entenderam tudo? Caso tenham dúvidas entrem em contato comigo!

Forte abraço a todos!

Lili